Quem cala…

Ter opinião apresenta seus custos, ainda mais quando se critica o sistema de exploração econômica e social. Sacrifícios pessoais e profissionais, não há perdão, a retaliação corre solta. Mas dá uma sensação de liberdade e um sentimento de estar vivo! Quem não vê, não houve e não fala é um prisioneiro que ainda não se … Continuar lendo Quem cala…

Existo, logo penso! (Ou se Marx foi um filósofo)

Estatuas de Marx e Engels, Berlim, Alemanha O professor (e amigo) Paulo Leal, comentando o post O materialismo inglês e o capitalismo, fez o seguinte aparte: “Amigo, seu texto tem informações importantes (...). Então, para polemizar, que é ótimo nesta seara, quero divergir sobre uma questão fundamental. Marx e Engels não são filósofos. São pensadores. O papel … Continuar lendo Existo, logo penso! (Ou se Marx foi um filósofo)

Em nome de Pã, tenham medo da COVID-19!

Leio na redes sociais um discurso sobre a importância de não se temer a pandemia do novo coronavírus, de se ter coragem para seguir em frente. O argumento é aparentemente razoável. Na casca, almeja evitar que as pessoas, diante do avanço da COVID-19, não entrem em pânico, passando a agir de forma descontrolada ou acovardada, … Continuar lendo Em nome de Pã, tenham medo da COVID-19!

O Clube-empresa e a coisificação do torcedor

Na Arena, presente na campanha que sagrou o Grêmio tri da Libertadores A minha paixão pelo Tricolor dos Pampas é herança materna. A mãe escutava as transmissões esportivas por emissora de rádio, acabei por acompanhá-la nas jornadas e passei a me declarar gremista, isso em 1977. O argumento fundamental que me conquistou: minha mãe dizia … Continuar lendo O Clube-empresa e a coisificação do torcedor