O mercado e o golpe – e o golpe do mercado

O clã Bolsonaro, sentindo-se encurralado pelo inquérito do STF sobre fake news, aumentou o tom da guerrilha verbal dirigida às instituições democráticas, isso nas vozes do pater familias e do rebento Eduardo. O zero três, inclusive, anunciou a inevitável ruptura, que não seria mais uma questão de se, mas de quando. A situação é absurda … Continuar lendo O mercado e o golpe – e o golpe do mercado

Existo, logo penso! (Ou se Marx foi um filósofo)

Estatuas de Marx e Engels, Berlim, Alemanha O professor (e amigo) Paulo Leal, comentando o post O materialismo inglês e o capitalismo, fez o seguinte aparte: “Amigo, seu texto tem informações importantes (...). Então, para polemizar, que é ótimo nesta seara, quero divergir sobre uma questão fundamental. Marx e Engels não são filósofos. São pensadores. O papel … Continuar lendo Existo, logo penso! (Ou se Marx foi um filósofo)

O materialismo inglês e o capitalismo

A associação do idealismo à ascensão da burguesia ao poder - e à consolidação da formação social e econômica capitalista - é muito comum. Não é incorreto, mas também não é toda a realidade, pelo menos na perspectiva histórica da Inglaterra. Com efeito, correntes materialistas do séc. XVII também foram importantes para o capitalismo nascente, … Continuar lendo O materialismo inglês e o capitalismo

Toffoli e Guedes, os novos garotos de Chicago

Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles Em entrevista à revista Veja, o presidente do STF, min. Dias Toffoli, afirmou que teve atuação destacada para evitar uma investida de parlamentares, empresários do setor industrial e militares para derrubar Bolsonaro ou pelo menos minar o seu poder (ver aqui ). Segundo a matéria veiculada pela Veja, para superar a crise … Continuar lendo Toffoli e Guedes, os novos garotos de Chicago

Patrão, não. Economia solidária, sim. Acordo, talvez.

Meu grande amigo Flávio Bettanin, fundador do PT e marxista crítico, relatou na página virtual do Reflexões à Esquerda, no Facebook, e, ainda, pessoalmente, em visita feita no domingo (09JUN2019), que depois de muitos anos reviu emocionado "1900" (ou Novecentos), filme ítalo-francês de 1976, dirigido por Bernardo Bertolucci, com fotografia de Vittorio Storaro e trilha … Continuar lendo Patrão, não. Economia solidária, sim. Acordo, talvez.

O fetichismo das emendas parlamentares

Adoração do bezerro de ouro, Nicolas Poussim Um pedido especial àqueles que inadvertidamente acessaram essa postagem: por favor, antes de proferir qualquer "juízo de valor" sobre o mensageiro, leia a mensagem até o fim! Até para que se entende a razão do título. Sei que não é lá muito diplomático revistar a discussão sobre emendas … Continuar lendo O fetichismo das emendas parlamentares

Entre brigas de Botafogo e funcionário de Bolsonaro, Banca ameaça com golpe

(Foto: Fátima Meira/Futura Press/Folhapress) O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vulgo “Botafogo”, magoado com a prisão de Moreira Franco, o “Gato Angorá”, esposo de sua sogra, afirmou que a direita, agora alojada no Planalto e liderada pelo presidente Bolsonaro, tem de apresentar um projeto para combater a pobreza. Enxerto aqui pequeno fragmento … Continuar lendo Entre brigas de Botafogo e funcionário de Bolsonaro, Banca ameaça com golpe

Professores, retirem seus cérebros!

Como pontapé inicial da Guerra Fria entre os EUA e a antiga URSS/bloco socialista, foi estabelecida a Doutrina Truman, do presidente norte-americano Harry Truman (1945), política externa anti-soviética agressiva, que dava a linha ideológica aos países do bloco capitalista para o combate ao “socialismo real”. Foi o início de um período de bipolarização político-ideológica mundial … Continuar lendo Professores, retirem seus cérebros!

A burguesia brasileira como raiz do atraso

Agora pela manhã, de orelha no rádio do carro, sintonizado em emissora local (Missioneira), programa conduzido pelo radialista Nivaldo Amaral, acompanhei parte da entrevista concedida pelo Sr. Paulo Cezar Vieira Pires, que celebrou, satisfeito, os rumos da economia brasileira. O entrevistado, liderança local e regional, informou aos radiouvintes que um profundo sistema competitivo vai se instalar … Continuar lendo A burguesia brasileira como raiz do atraso

A formação da consciência de classe

Retomo o exame sobre a consciência de classe. O motivo da revisita: verifiquei que o amigo Flávio Bettanin confiou-me a tarefa de introduzir, no próximo encontro do grupo Reflexões à Esquerda, o tema sobre classes sociais, utilizando como “texto base” a entrevista concedida pelo sociólogo Jessé José Freire de Souza ao The Intercept Brasil (acesse … Continuar lendo A formação da consciência de classe

A Bastilha que se ergue sobre nossas cabeças

Ontem, 14 de julho, aniversariou a queda da Bastilha, evento de 1789, em França, marco simbólico da ação revolucionária da burguesia francesa (sim, os burgueses já foram revolucionários), que ao cabo transformou sua hegemonia econômica em hegemonia política (jurídica, cultural e militar), expulsando do poder a aristocracia e a monarquia absolutista – o Ancien Régime … Continuar lendo A Bastilha que se ergue sobre nossas cabeças

Nova etapa do golpe: justiçamento de juízes independentes

O Ministério Público, pela Procuradoria-Geral da República, pediu ontem ao Superior Tribunal de Justiça a abertura de inquérito para investigar o desembargador Rogério Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região porque, no domingo, na condição de plantonista, concedeu liminar em pedido de Habeas Corpus para libertar Lula (ver aqui). Favreto fundamentou sua decisão na … Continuar lendo Nova etapa do golpe: justiçamento de juízes independentes

Os mercados contra a ágara

  Há pouco mais de um mês, o jornal El País, versão on line, veiculou matéria com o título “Alckmin encara o dilema você não gosta de mim, mas o mercado gosta”, escrita pelo jornalista Rodolfo Borges, revelando que o mercado prevê que a eventual vitória de Geraldo Alckmin (PSDB) na eleição deste ano alavancaria … Continuar lendo Os mercados contra a ágara

Para uma nova formação social, outra democracia

Se a democracia é o poder do povo, estamos bem longe dela. Na formação social e econômica dominante, capitalista, o que se impõe é uma democracia (?!) oligárquica, quem tem o poder político é uma casta que detém o poder econômico, com hegemonia dos donos do capital financeiro. Houvesse democracia, ainda que na formação social e … Continuar lendo Para uma nova formação social, outra democracia

A dialética do movimento dos caminhoneiros e o papel da esquerda

O movimento dos caminhoneiros se revela dialético na medida em que, sob o ponto de vista da luta de classes, contem demãos, camadas que se apresentam em díade. Com efeito, os "rebeldes" são formados por caminhoneiros assalariados, autônomos e, ainda, por patrões (que agem mais na penumbra). Tem greve, mas tem, sobremaneira, locaute (o que … Continuar lendo A dialética do movimento dos caminhoneiros e o papel da esquerda