O desmonte da Era Vargas e o retorno ao patriciado burocrático

Getúlio Vargas (1883 - 1954). (Photo by Keystone/Getty Images) O amigo e deputado estadual Jeferson Fernandes (PT) divulgou vídeo de manifestação de pais e professores, ontem à tarde, em POA. A comunidade escolar estava protestando porque o Prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) remanejou professores de carreira da Escola Neusa Brizola para serem substituídos por terceirizados. Esse … Continuar lendo O desmonte da Era Vargas e o retorno ao patriciado burocrático

A desidratação do regime próprio dos servidores

Dos 5.570 municípios brasileiros, pelo menos 2.111 criaram regime próprio, que é um sistema previdenciário exclusivo para servidores de cada ente federado, designado como RPPS. Os servidores da União e de boa parte dos Estados também são filiados a regimes próprios. Ou seja, trata-se de forma de organização de seguro social consolidada. Tem-se dito que … Continuar lendo A desidratação do regime próprio dos servidores

A reforma previdenciária dos velhacos

Sean Connery, em 2017, andando nas ruas de Nova York, com seu enfermeiro Virou febre na Net a utilização de aplicativo que envelhece o nosso rosto ou o rosto de amigos e conhecidos. Tranquilo, divertir-se faz bem à saúde. Eu mesmo “aderi”. Claro que toda brincadeira só é legítima se não ofender terceiros e respeitar … Continuar lendo A reforma previdenciária dos velhacos

Entre brigas de Botafogo e funcionário de Bolsonaro, Banca ameaça com golpe

(Foto: Fátima Meira/Futura Press/Folhapress) O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vulgo “Botafogo”, magoado com a prisão de Moreira Franco, o “Gato Angorá”, esposo de sua sogra, afirmou que a direita, agora alojada no Planalto e liderada pelo presidente Bolsonaro, tem de apresentar um projeto para combater a pobreza. Enxerto aqui pequeno fragmento … Continuar lendo Entre brigas de Botafogo e funcionário de Bolsonaro, Banca ameaça com golpe

“Mais Médicos”, crise de empatia e bolsonarismo

Segundo Anita Nowak, professora na Universidade McGill, pela empatia reconhecemos que todos compartilhamos uma humanidade comum e que somos dignos. Diz ela que a empatia é o único o sentimento capaz de afirmar a igualdade entre os seres humanos. Mas o que se vê na formação social e econômica capitalista é que o cidadão pequeno … Continuar lendo “Mais Médicos”, crise de empatia e bolsonarismo

A Bastilha que se ergue sobre nossas cabeças

Ontem, 14 de julho, aniversariou a queda da Bastilha, evento de 1789, em França, marco simbólico da ação revolucionária da burguesia francesa (sim, os burgueses já foram revolucionários), que ao cabo transformou sua hegemonia econômica em hegemonia política (jurídica, cultural e militar), expulsando do poder a aristocracia e a monarquia absolutista – o Ancien Régime … Continuar lendo A Bastilha que se ergue sobre nossas cabeças

Os mercados contra a ágara

  Há pouco mais de um mês, o jornal El País, versão on line, veiculou matéria com o título “Alckmin encara o dilema você não gosta de mim, mas o mercado gosta”, escrita pelo jornalista Rodolfo Borges, revelando que o mercado prevê que a eventual vitória de Geraldo Alckmin (PSDB) na eleição deste ano alavancaria … Continuar lendo Os mercados contra a ágara

Para uma nova formação social, outra democracia

Se a democracia é o poder do povo, estamos bem longe dela. Na formação social e econômica dominante, capitalista, o que se impõe é uma democracia (?!) oligárquica, quem tem o poder político é uma casta que detém o poder econômico, com hegemonia dos donos do capital financeiro. Houvesse democracia, ainda que na formação social e … Continuar lendo Para uma nova formação social, outra democracia

A dialética do movimento dos caminhoneiros e o papel da esquerda

O movimento dos caminhoneiros se revela dialético na medida em que, sob o ponto de vista da luta de classes, contem demãos, camadas que se apresentam em díade. Com efeito, os "rebeldes" são formados por caminhoneiros assalariados, autônomos e, ainda, por patrões (que agem mais na penumbra). Tem greve, mas tem, sobremaneira, locaute (o que … Continuar lendo A dialética do movimento dos caminhoneiros e o papel da esquerda

Julião, um herói escondido

Estranho momento esse em que vivemos. Fantoches do grande capital financeiro são alçados à condição de heróis da nação, caso do Juiz Moro. Políticos neoliberais recebem enxurrada de votos, caso do playboy João Dória Junior, em São Paulo. E Lula, mair líder popular do planeta é preso político. Por isso, na contramaré, convém relembrar pessoas que efetivamente lutaram … Continuar lendo Julião, um herói escondido

Os deserdados dos ervais missioneiros

A exclusão de agricultores ao acesso do cultivo da terra faz parte, tristemente, da história universal e, via de regra, caracteriza-se como o resultado de um processo de acumulação. Como a terra é bem natural estanque, que não aumenta nem diminuiu, a sua acumulação por parte de alguns produz como consequência necessária a retirada arbitrária, … Continuar lendo Os deserdados dos ervais missioneiros