Nem Sartori, nem Leite – manifesto pelo voto nulo

Calma.  O manisfeto, conforme revela o título, não tem relação com a eleição à Presidência da República. O voto contra o fascismo, o ultraconservadorismo (político e de costumes) e o obscurantismo, na esfera federal, é o voto em Fernando Haddad! Reporto-me, bem claro, à disputa ao Piratini, em que os dois candidatos que passaram ao … Continuar lendo Nem Sartori, nem Leite – manifesto pelo voto nulo

Bolsonaro, capitalismo e o “efeito Eichmann”

A filósofa Hannah Arendt, viva fosse, encontraria farto material para aprofundar seus estudos e, quiçá, fazer uma reedição ampliada do livro Eichmann em Jerusalém, colocando novo capítulo, intitulado “o novo Eichmann, o caso brasileiro". Para os que ainda não leram Eichmann em Jerusalém, faço um inofensivo spoiler. Na obra, Hannah Arendt aborda o desenrolar do … Continuar lendo Bolsonaro, capitalismo e o “efeito Eichmann”

Ainda dá pra ser feliz!

Dias tristes e infelizes estes últimos. Dilma impichimada sem justa causa. Lula preso sem provas e por ter realizado "ato indeterminado". Agora, o povo impedido de votar no Lula. O Estado Democrático de Direito sendo desconstruindo. Os direitos sociais sendo esmagados. O golpe, com STF, TSE e tudo, produzindo seus efeitos contra o povo. Como … Continuar lendo Ainda dá pra ser feliz!

Lula, Lula ou… Lula

Neste últimos dias, tenho acompanhado diversas manifestações na “mídia alternativa” - e também em redes sociais - defendendo que o ex-Presidente Lula desista de sua candidatura e passe a apoiar Ciro Gomes. Agora que o “centrão” vai aderindo à candidatura do tucano Geraldo Alckmin (ver aqui), a pressão sobre o PT só vai aumentar. Um exemplo … Continuar lendo Lula, Lula ou… Lula

A Bastilha que se ergue sobre nossas cabeças

Ontem, 14 de julho, aniversariou a queda da Bastilha, evento de 1789, em França, marco simbólico da ação revolucionária da burguesia francesa (sim, os burgueses já foram revolucionários), que ao cabo transformou sua hegemonia econômica em hegemonia política (jurídica, cultural e militar), expulsando do poder a aristocracia e a monarquia absolutista – o Ancien Régime … Continuar lendo A Bastilha que se ergue sobre nossas cabeças

A questão Ciro Gomes

Se Gleisi Hoffmann disse efetivamente o que lhe atribuem (Ciro não passa no PT nem com reza brava), não foi lá muito feliz. Mas importa cogitar sobre o contexto. Notem, contudo, que Ciro Gomes também tem agido em relação ao PT como se fosse um elefante andando sobre cristais. Na verdade, o pedetista está delimitando espaços... … Continuar lendo A questão Ciro Gomes